Melhores exercícios para a dor da artrite reumatóide

Para pessoas com artrite reumatóide, o exercício pode ser extremamente benéfico para aliviar a dor e rigidez articular. Exercícios e alongamentos podem ser particularmente úteis durante um surto.

Pessoas com artrite reumatóide que se exercitam têm menos dor do que aquelas que não o fazem. O exercício pode reduzir os sintomas dolorosos, melhorar a função articular e a flexibilidade, aumentando a amplitude de movimento e melhorando o humor.

É melhor procurar aconselhamento médico antes de iniciar qualquer programa de exercícios e trabalhar com um médico e um fisioterapeuta para desenvolver um plano de exercícios feito apenas para o seu caso.

 

Melhores exercícios para a dor da artrite reumatóide

Os seguintes exercícios podem ajudar a aliviar a dor, a rigidez articular e outros sintomas que a artrite reumatóide pode causar:

 

1. Alongamento

O alongamento pode ajudar a melhorar a flexibilidade, reduzir a rigidez e aumentar a amplitude de movimento. O alongamento diário, idealmente pela manhã, é importante para aliviar os sintomas da artrite reumatóide.

A rotina de alongamento ideal será diferente para cada pessoa e dependerá de quais articulações são afetadas e quais sintomas ocorrem. No entanto, os alongamentos geralmente envolvem movimentos lentos e suaves das articulações dos joelhos, mãos e cotovelos.

 

2. Caminhada

Caminhar é uma forma de exercício de baixo impacto que pode ajudar no condicionamento aeróbico, na saúde do coração e das articulações e também no humor.

É essencial usar sapatos adequados e manter-se hidratado, mesmo que a caminhada não seja extenuante. Muitas vezes é sensato andar devagar inicialmente e depois aumentar o ritmo quando possível.

 

3. Movimentos fluidos (fazer yoga)

Tanto o tai chi como o yoga combinam respiração profunda, movimentos fluidos, poses gentis e meditação. Eles aumentam a flexibilidade, o equilíbrio e a amplitude de movimento, além de reduzir o stress.

 

4. Pilates

O Pilates é uma atividade de baixo impacto que estabiliza as articulações e fortalece os músculos ao seu redor.

 

5. Exercícios na água

A água ajuda a suportar o peso corporal, o que significa que os exercícios com água não causam grandes impactos nas articulações.

Natação, hidroginástica e outros exercícios suaves de água podem aumentar a flexibilidade, amplitude de movimento, força e condicionamento aeróbico. Eles também podem reduzir o stress e a rigidez articular.

 

6. Ciclismo

Como a artrite reumatóide aumenta o risco de doença cardiovascular, é vital manter o coração o mais saudável possível. Andar de bicicleta pode ser uma maneira segura de movimentar as articulações e melhorar a condição cardiovascular.

Além de melhorar o condicionamento aeróbico, o ciclismo pode reduzir a rigidez, aumentar a amplitude de movimento e a força das pernas e aumentar a resistência.

 

7. Treino de força

Fortalecer os músculos ao redor das articulações afetadas pode ajudar a aumentar a força, reduzindo a dor e outros sintomas da artrite reumatóide.

 

8. Exercícios de mão

Artrite reumatóide pode levar a uso limitado das mãos. Dobrar os pulsos para cima e para baixo, enrolando lentamente os dedos, espalhando os dedos em uma mesa, e apertar uma bola de stress pode ajudar a aumentar a força e a flexibilidade das mãos.

 

9. Jardinagem

Além de ser uma forma de exercício, a jardinagem oferece o benefício de melhorar o humor. As pessoas devem ser gentis com o corpo, trabalhar devagar e evitar sobrecarregar os músculos e articulações.

 

 

Exercícios para evitar

Pessoas com artrite reumatóide devem evitar exercícios que causem dor. Estes podem incluir exercícios de alto impacto que exercem um esforço excessivo sobre as articulações.

No entanto, não há exercícios específicos que pessoas com artrite reumatóide devam evitar. Cada pessoa é diferente e uma atividade que causa dor para uma pessoa pode não ter o mesmo efeito em outra pessoa.

O que é certo para alguém dependerá de sua situação e condição de saúde. No entanto, todos podem beneficiar se tiverem atenção ao seu corpo e trabalharem com um médico ou fisioterapeuta para orientação.

Share:
Este site usa cookies essenciais e cookies analíticos para que possa usufruir de todas as funcionalidades e ter uma melhor experiência de navegação.