Por vezes sente as pernas pesadas? Saiba a sua causa.

Sentir pernas pesadas após um treino é normal. As pernas parecem pesadas, rígidas e cansadas sem motivo aparente, no entanto, este pode ser um sinal de uma condição que afeta as veias.

Determinar a causa ajudará a encontrar o tratamento adequado.

As causas podem variar em gravidade, e os médicos desejam fazer um diagnóstico completo para garantir que os sintomas sejam tratados corretamente. Neste artigo, falamos de uma variedade de possíveis causas.

 

Causas de pernas pesadas

Pernas pesadas podem ser um sinal de uma série de condições ou distúrbios no corpo.

 

Varizes

As varizes são veias que estão mais visíveis, maiores e mais complicadas do que as veias circundantes.

À medida que a circulação sanguínea piora, o sangue começa a acumular-se nas pernas devido a fatores como os efeitos da gravidade e as veias vão perdendo a sua elasticidade.

As varizes podem aparecer por vários motivos, incluindo:

  • obesidade
  • envelhecimento
  • desequilíbrios hormonais, como os da menopausa e gravidez
  • pessoas cujas profissões exijam que se fique de pé ou pessoas com falta de atividade física em geral

As varizes podem levar a problemas como coágulos sanguíneos, que por sua vez causam inchaço e dor. Eles também podem influenciar feridas na pele, que podem ser difíceis de curar.

 

Overtraining (Treino em excesso)

Sentir um pouco de cansaço nas pernas durante alguns dias após um treino particularmente intenso é normal. No entanto, quando os atletas treinam para ultrapassar seus limites regularmente, correm o risco de treinar em demasia os seus músculos.

Músculos com excesso de treino não têm tempo para se reparar antes que as pessoas os usem novamente. O resultado são músculos lentos, fracos ou pesados. Atletas, como ciclistas e corredores, podem queixar-se de pernas pesadas se estiverem a fazer demasiado esforço.

 

Nervosismo e síndrome das pernas inquietas

A síndrome das pernas inquietas geralmente causa uma sensação incontrolável nas pernas, que é instável e entorpecida.

A solução temporária geralmente é tão simples como movê-los. Até que as pernas se movam, pode haver sempre uma sensação pesada.

Muitas pessoas agitam as pernas ou batem os pés para tentar aliviar os sintomas, e é por isso que a síndrome tem este nome “síndrome das pernas inquietas”.

 

Insuficiência venosa crónica

Pernas pesadas também podem ser um sinal de insuficiência venosa crónica.

A pressão da gravidade faz o coração trabalhar mais para bombear o sangue de volta até ao coração a partir dos pés e das pernas. Os pés e as pernas têm uma série de válvulas unidirecionais projetadas para impedir que o sangue caia novamente.

As veias e as válvulas de uma pessoa com insuficiência venosa crónica ficam fracas, o que geralmente pode causar queixas como cansaço, pernas pesadas e inchaço.

A insuficiência venosa crónica pode ser mais comum nas pessoas que ficam em pé por longos períodos de tempo, pois ficar em pé pode causar uma tremenda tensão nas veias das pernas e no pés.

Alguns fatores de risco para se ter insuficiência venosa crónica, incluem:

  • Nutrição pobre
  • peso extra
  • estilo de vida sedentário
  • falta de exercício
  • gravidez
  • envelhecimento

 

Doença arterial periférica

A doença arterial periférica (DAP) é um tipo de doença cardiovascular que pode afetar as veias e as artérias. Os sintomas começam a aparecer quando a gordura se acumula nas paredes das artérias, o que dificulta a passagem de sangue.

A doença arterial periférica pode cortar parcialmente a circulação nos pés e pernas e causar dor, sensação de peso ou cãibras.

Os fatores de risco para doença arterial periférica incluem a pressão alta e colesterol, tabaco e diabetes.

 

Quando consultar um médico

Sentir ocasionalmente que as pernas estão muito pesadas é normal e não causa preocupação. No entanto, se o sentimento não desaparecer ou ocorrer ao lado de outros sintomas como dor e inchaço, está na hora de procurar um médico para um diagnóstico.

O médico irá questionar sobre esses sintomas específicos e o seu histórico médico e fará exames para encontrar a causa e indicar o tratamento.

 

Se tem dúvidas entre em contacto conosco!

Share:
Este site usa cookies essenciais e cookies analíticos para que possa usufruir de todas as funcionalidades e ter uma melhor experiência de navegação.